sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Tradições - Dia de Muertos - La Catrina

La Catrina de los toletes, na cultura popular mexicana, é a representação humorística do esqueleto de uma dama da alta sociedade. É uma das figuras mais populares da Festa do dia dos mortos no México. A palavra catrina é a variante feminina da palabra catrín, que significa dândi em espanhol. O personagem se caracteriza como um esqueleto de mulher usando um chapéu, como distintivo da alta sociedades do início do século XX e tem uma função de memento mori destinado a lembrar que as diferenças sociais não significam nada, diante da morte.
As origens da Catrina remontam às festas dos mortos pré-colombianas. Seu nome vem de La Calavera de la Catrina gravura do mexicano José Guadalupe Posada (1852-1913), água-forte sobre zinco, que faz parte de uma série de calaveras (caveiras). O precursor dessas representações humorísticas de figuras contemporâneas sob a forma de esqueletos, geralmente acompanhadas de um poema, foi Manuel Manilla.
(Fonte: Wikipedia)


O interessante é que as pessoas já produzem as suas próprias Catrinas para decorar seus altares em suas casas. Eu, sinceramente, me sinto ainda chocada com tantas caveiras pelas ruas, lojas e casas. As crianças não gostam tanto também, mas já param para prestar atenção nos detalhes.


 La Calavera de la Catrina de José Guadalupe Posada




Nenhum comentário:

Postar um comentário